Notícias

oii-1200x559.jpeg

agosto 18, 2022 blog

A alimentação exerce um papel fundamental no trilhar de uma vida saudável e rica em bem-estar. Quando desregulada, ela contribui diretamente no aparecimento de sintomas e problemas graves, como hipertensão, obesidade, diabetes e infartos. Por essa razão, manter uma rotina de bons hábitos na cozinha faz a diferença.

Além da escolha do cardápio, é preciso se atentar à frequência das refeições. Novos estudos, publicados originalmente pela UNESP, indicam que o padrão de “pular” o café da manhã, o almoço ou o jantar é um fator que facilita o ganho excessivo de peso, a resistência à insulina e o desenvolvimento de má condições cardiovasculares.

Para garantir dias mais plenos, então, uma dieta adequada é o ponto de partida. Mas você sabe o que deve estar sempre presente e o que deve ser cortado do seu prato?

Alimentos aliados do coração

De modo geral, dê preferência a itens naturais, variados e que oferecem os nutrientes necessários à sua faixa etária. Alguns deles garantem benefícios essenciais:

Peixes de água fria: a sardinha, o bacalhau e o salmão, por exemplo, são fontes vitalícias de ômega-3 e proporcionam a redução do LDL (“colesterol ruim”) e o aumento do HDL (“colesterol bom”);

Aveia: apresenta grande quantidade de fibras solúveis e age ativamente na diminuição da absorção de gorduras pelo corpo;

Oleaginosas: nozes, castanhas, amendoim e amêndoas provêm magnésio ao organismo, ajudando na estabilização da pressão arterial, além de realizarem a manutenção e a elevação dos níveis de LDL na circulação;

Canela: segundo especialistas, essa especiaria auxilia no metabolismo dos açúcares, freando a glicemia pós-prandial (taxa de glicose na corrente sanguínea 10 minutos após o consumo alimentar), prevenindo, assim, a hipertensão.

Alimentos inimigos do coração

Açúcar: está associado aos altos índices de glicemia e insulina no organismo, sendo ambos fatores de risco para o surgimento de doenças cardiovasculares;

Sal: quando consumido em excesso, provoca picos de pressão e promove o desenvolvimento de hipertensão crônica; é considerado a principal fonte de sódio nas refeições, e, por isso, a moderação no seu uso diário é imprescindível;

Grupo Vermelho: composto por artigos cem por centro industrializados, como os embutidos, os congelados, os pós-achocolatados e o macarrão instantâneo, cujas fabricações envolvem elevados níveis de sódio, conservantes e outras substâncias nocivas ao coração.


In-Home-Exercises-for-Seniors-to-Stay-Active-During-the-Quarantine-1200x800.jpeg

julho 5, 2022 blog

Com o avançar dos anos, o corpo humano passa por mudanças aceleradas e que podem impactar negativamente a qualidade de vida. O sistema ósseo, por exemplo, é um dos principais afetados, perdendo vitalidade e força naturalmente com o tempo. Uma rotina ativa de cuidado se torna, assim, ainda mais importante.

Isso porque um dos maiores efeitos do enfraquecimento da ossatura é o aparecimento de doenças diretamente relacionadas. A osteoporose, por exemplo, provoca a perda da densidade óssea, fragilizando os ossos e facilitando quedas e possíveis fraturas. Entre os principais sintomas, estão a dor na coluna, o formigamento nas pernas e o desenvolvimento de uma postura encurvada.

A osteoartrose, ou apenas artrose, é uma condição que também prejudica a integridade óssea, gerando os conhecidos “bicos de papagaio”. Aqui, o desgaste provocado por esse tipo de artrite causa dores nas articulações atingidas, especialmente na região lombar, no joelho, nas mãos, pescoço e quadris.

Dessa forma, a prevenção aparece como a melhor alternativa. Você sabe o que fazer a fim de evitar o surgimento de problemas como esses? Acompanhe a nossa lista a seguir.

Mais cálcio no seu prato

Sim, o leite e os seus derivados estão no topo do cardápio. No entanto, também é possível encontrar cálcio em inúmeros vegetais, sobretudo nos de folha verde-escura, como alface, chicória, couve de bruxelas, couve, espinafre, folha de brócolis e rúcula. Peixes como sardinha, salmão e bacalhau são opções que, do mesmo jeito, trazem bons resultados.

Coloque exercícios físicos na rotina

De acordo com a Fundação Internacional de Osteoporose (IOF), a faixa dos 50 anos exige atenção redobrada. Por isso, movimente o seu corpo ou realize atividades esportivas durante 30 a 40 minutos, três ou quatro vezes por semana. E, se possível, faça isso sob o sol, em horários adequados à exposição (6h às 11h). Essa combinação é um time de sucesso contra a perda óssea.

Deixe o sol entrar

A vitamina D é amplamente recomendada à saúde dos ossos, sendo fundamental na absorção do cálcio pelas células. Os raios ultravioleta auxiliam diretamente na produção deste nutriente no organismo humano, e 20 a 30 minutos de luz solar por dia são suficientes para alcançar uma estrutura óssea estável.

Diga não ao fumo

A ação do cigarro no organismo é tóxica, pois a nicotina inibe a produção de osteoblasto, célula fundamental no crescimento ósseo. De forma semelhante, o monóxido de carbono, obtido com a queima do tabaco, diminui em até 15% a capacidade do sangue de transportar oxigênio, o que implica em ossos mais frágeis. Por essa razão, pacientes fumantes fraturados levam até 60% a mais de tempo para se recuperar completamente.


1650987653_d58429_memorial__info_banner26_abr-1200x412.png

abril 26, 2022 blog

26 de abril é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, instituído pela Lei nº 10.439/2002. Seu objetivo é conscientizar a população em relação aos perigos dessa doença. O cardiologista Dr. Ítalo Kumamoto, Diretor do Memorial, chama atenção para os números da hipertensão no Brasil: “Segundo dados da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), cerca de 33% da população adulta sofre de pressão alta, somando em média 38 milhões de brasileiros”. Ele ressalta que, desses, apenas 50% estão tomando algum medicamento para controlar o problema e, que, ao observar a quantidade de pacientes que estão efetivamente controlando a doença, a estatística chega a 15%.

Esses dados chamam atenção e mostram a impotência da conscientização da população para a prevenção da hipertensão. O cardiologista explica que ela age muitas vezes de forma silenciosa e vai enrijecendo as artérias, levando a um estreitamento das paredes desses vasos. As causas podem ser diversas: fatores genético, sedentarismo, consumo abusivo de sal, tabagismo, sobrepeso, stress, diabetes mellitus, consumo de bebidas alcoólicas e até pelo uso contínuo de alguns medicamentos. “É preciso ficar alerta pois, ela pode causar diversas doenças como: Infarto no miocárdio, acidente vascular cerebral, insuficiência renal, aneurisma e doenças microvasculares que atingem principalmente o cérebro levando mais precocemente a doença de Alzheimer, enfatiza.

É necessário estar sempre verificando a pressão, uma vez que o limite máximo dela em repouso é de 13 por 8. Para valores acima destes números, o indivíduo é considerado hipertenso. Segundo o Dr. Ítalo, dores de cabeça ou torácicas, visão com pontos brilhantes, dificuldade para respirar e tonturas são os sintomas mais frequentes da hipertensão. Ele recomenda a ida ao médico regular, exames de rotina, a prática de esportes, ter uma alimentação saudável e buscar o equilíbrio mental.

A nutricionista Daniela Kumamoto aconselha que a “dieta [na hipertensão] deve enfatizar o consumo de frutas, hortaliças e laticínios com baixo teor de gordura; incluir a ingestão de cereais integrais, frango, peixe, leguminosas, vegetais, frutas e oleaginosas faz a diferença, porque são ricos em fibras, minerais, como cálcio e potássio, e antioxidantes. Todos nutrientes que melhoram a circulação do sangue, ajudando a baixar e regular a pressão arterial.”

Ela também afirma que é importante diminuir a ingestão de industrializados, como refrigerantes e fast food. Do mesmo jeito, alimentos ricos em gordura saturada e sódio, como carne vermelha, linguiça, charque, bacon, entre outros, podem favorecer o aumento dos níveis da pressão arterial, facilitando a formação de placas de gordura nas artérias.

Lembre-se prevenir é sempre o melhor caminho. Por isso, siga essas dicas à risca e veja sua saúde bater mais forte.

Gostou do texto? Continue a sua leitura conferindo a nossa última matéria, que abordou o modelo de gestão itinerante adotado no nosso hospital. Siga o Memorial no Instagram e acompanhe todas as novidades em primeira mão.



abril 7, 2022 blog

Hoje, 7 de abril, é comemorado O Dia Mundial da Saúde, e, este ano, temos como tema principal “Nosso planeta, nossa saúde”. O objetivo desta data é, antes de mais nada, conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde e melhoria da qualidade de vida. Originalmente, o Dia Mundial da Saúde foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1948, mas a data só passou a ser comemorada oficialmente em 7 de abril desde 1950.

O momento é oportuno para trazer à tona discussões sobre avanços nos sistemas de saúde, e é importante destacar como essa temática se faz necessária em todo o mundo, em particular nos países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. Dessa forma, a parcela mais rica da população tem acesso a serviços de saúde privada, enquanto a maioria depende do serviço público, enfrentando, muitas vezes, filas e hospitais lotados e de estrutura limitada. E isso se agravou ainda mais com a pandemia do coronavírus, em 2020.

O cardiologista Dr. Ítalo Kumamoto, Diretor do Memorial, afirma que, mesmo diante desse cenário, há muito o que comemorar. “O nosso Sistema Único de Saúde (SUS) é muito atuante. Temos pelo SUS transplantes cardíacos, hepáticos, renais e de medula óssea, entre tantos outros serviços prestados com qualidade. Claro, é preciso aumentar o número de cirurgias, ainda temos muita gente esperando na fila por um transplante. Há muito para fazer. É necessário que os nossos representantes sejam mais comprometidos com o povo. Estamos com um país dividido na política, cheio de desigualdades, são 130 milhões de brasileiros, mais de 50% ainda não têm saneamento”. Por fim, lamenta: “Falta o básico: não temos segurança, o desemprego aumenta a cada dia, pessoas passado fome e sem falar na quantidade de pessoas nas ruas, sem um teto”.

Dr. Ítalo ressalta, ainda, o reajuste recente nos preços dos medicamentos: “Tivemos agora um reajuste de 10,89% no valor dos medicamentos que começa a valer neste mês de abril. Isso reflete diretamente no bolso das pessoas, principalmente no daqueles que usam medicamentos controlados.”

Ele chama a atenção para a importância da prevenção dentro desse contexto, lembrando que hoje no Brasil cerca de 30% das pessoas são hipertensas, 8% são diabéticas e muitas estão ficando obesas. Por isso, para ajudar pacientes em toda a Paraíba, o cardiologista está fazendo uma série de lives todas às quartas-feiras nas redes sociais, abordando temas como doenças coronarianas, diabetes, hipertensão, nutrição, a importância do exercício, saúde mental, entre outros termas. Ele lembra que a prevenção é sempre o melhor caminho para evitar problemas mais graves.

Gostou do texto? Continue a sua leitura conferindo a nossa última matéria, que abordou dicas de saúde e nutrição com a Dra. Daniela Kumamoto. Siga o Dr. Ítalo Kumamoto e o Memorial no Instagram e acompanhe todas as novidades em primeira mão.


Memorial-Info_banner01_abr3-1-1200x412.png

abril 1, 2022 blog

A correria do dia a dia faz muitas vezes as pessoas negligenciaram a própria alimentação. Mas, comer de forma saudável é fundamental para ter uma saúde equilibrada. Afinal, a alimentação ajuda a fortalecer o sistema imunológico e, quando alinhada à prática de exercícios, vai deixar você com muito mais disposição.

A mudança de pequenos hábitos, como o cuidado com as refeições, faz a diferença. Por isso, insira no cardápio alimentos integrais, grãos, oleaginosas, frutas, hortaliças e verduras. A dica do prato colorido continua valendo.

A nutricionista do HMSF, Daniela Kumamoto, explica que é possível comer bem, de forma saudável e com sabor. Confira as dicas:

1.    Evite alimentos ricos em açúcares, tipo bolos, biscoitos, refrigerantes, sobremesas e doces, por exemplo. Eles aumentam e diminuem rapidamente o açúcar no sangue, provocando a sensação de fome rapidamente;

2. Invista em alimentos ricos em fibras, pois eles aumentam a sensação de saciedade. Algumas opções são: verduras, frutas com casca, aveia, legumes e sementes como linhaça, gergelim e chia;

3. Acrescente e aumente as proteínas magras em todas as refeições, como: ovos, frango, peixe, iogurte desnatado e queijos magros. Elas também têm um ótimo poder de aumentar a saciedade;

4. Faça uso de gorduras boas, como as presentes no azeite extra virgem, castanha, nozes, amêndoas, abacate e peixes gordos, como atum, sardinha e salmão.

Acrescente essas dicas nas suas refeições. Evite comidas industrializadas, faça atividades físicas regularmente e beba bastante água nos intervalos das refeições. São passos simples, mas que auxiliam muito a elevar sua saciedade. Basta você inseri-los na sua rotina.

Gostou do texto? Continue a sua leitura conferindo a nossa última matéria, que abordou a parceria entre o Instituto Felipe Kumamoto e Prefeitura de Monte Horebe. Siga-nos também no Instagram e acompanhe todas as novidades em primeira mão.



fevereiro 21, 2022 blog

Há quatro décadas, temos construído um atendimento diferenciado nas diversas áreas da Saúde. Dentre elas, está a Ortopedia. Hoje, 24h por dia, oferecemos cobertura médica completa no diagnóstico e tratamento de lesões e fraturas ósseas, sejam elas leves ou graves.

Neste esforço, além das consultas eletivas, o Hospital Memorial conta, ainda, com um serviço de internação próprio e inteiramente ágil. Tudo para que, em quadros mais complexos, nossos pacientes possam alcançar uma recuperação acelerada, com mais conforto e bem-estar.

Mas você sabe como reconhecer um problema ósseo ou identificar os principais sinais de alerta? Confira conosco no tópico a seguir.

Manual de fraturas: conheça os sintomas e as regiões mais afetadas

A maioria dos casos de emergência ortopédica ocorre devido a acidentes ou quedas. E em quase todas as ocasiões, é possível observar reações como dor intensa, inchaço, deformidade no local, presença de hematomas ou ferimentos, incapacidade de mover a área impactada e dormência.

Além disso, a situação de uma fratura depende de muitos fatores, sendo um deles o próprio membro atingido. Daí pode surgir a dúvida: existem membros que são fraturados com mais frequência do que outros? Saiba os mais comumente atingidos:

Um corpo médico que faz acontecer

Contemplando a Ortopedia com profundidade, o Memorial disponibiliza uma equipe de profissionais especializada em diferentes vias de ação. Hoje, atuam, em nosso hospital:

Esp. em Medicina do Esporte: Dr. Glauber Miranda e Dr. Douglas Teixeira;

Esp. em Cirurgia do Ombro e Cotovelo: Dr. Tibiriçá Barbosa, Dr. Milton Neto e Dr. Éverton Vasconcelos;

Esp. em Cirurgia do Joelho: Dr. Tiago Formiga e Dr. Douglas Teixeira.

Gostou do texto? Continue a sua leitura conferindo a nossa última matéria, que abordou a chegada da turma 2022 de Jovens Aprendizes ao Memorial. Siga-nos também no Instagram e acompanhe todas as novidades em primeira mão.



janeiro 20, 2022 blog

Desde 2020, a pandemia da COVID-19 têm introduzido novos comportamentos à rotina das pessoas. O distanciamento social e o isolamento, por exemplo, são alguns dos hábitos que afetaram intensamente o equilíbrio emocional de inúmeros pacientes ao redor do mundo. Diante deste cenário, vem à tona um importante questionamento: como anda a sua saúde mental?

Seguindo os passos do Outubro Rosa, o Janeiro Branco busca conscientizar a população sobre problemas de origem psicológica. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil conta, atualmente, com cerca de 18,6 milhões de pessoas vivendo com transtornos de ansiedade, o que representa 9,3% da população.

O autocuidado aparece, então, como a melhor alternativa na prevenção e no combate de condições como a depressão. Mas, afinal, quais atitudes podem fazer a diferença na construção de uma vida mais leve?

Saúde mental na prática: ações para contemplar no seu dia a dia

A iniciativa do Janeiro Branco propõe um novo olhar sobre as nossas relações, pensamentos e propósitos. Mas, para além do autoconhecimento, existem ações que contribuem diretamente para uma saúde mental harmoniosa. Conheça algumas delas:

1. Pratique exercícios físicos: atividades esportivas ou mais independentes, como corridas, auxiliam na oxigenação do cérebro e estimulam a produção de substâncias como a endorfina, responsável pela sensação de bem-estar;

2. Escolha melhor os alimentos: uma dieta rica, bem distribuída e balanceada mantém o seu corpo no lugar certo. Por isso, pratos com grãos, frutas, verduras e leguminosas devem sempre estar presentes nas refeições;

3. Procure um profissional: iniciar o processo de terapia é um grande avanço na busca por mais plenitude, pois as visitas periódicas ao psicólogo são uma ótima forma de trabalhar o seu estado interior.

A relação entre ansiedade e doenças cardiovasculares

Hoje, a ciência já tem a certeza: coração e mente pulsam juntos. Apesar da hipertensão e da obesidade serem inimigas declaradas do sistema circulatório, estudos têm comprovado o surgimento de um novo fator de risco: a ansiedade. Caracterizado por sintomas como medo, angústia e inquietação, esse problema também deixa marcas físicas nos pacientes.

Isso acontece porque episódios agudos de ansiedade provocam no organismo descargas de adrenalina e cortisol, normais a momentos de tensão. O excesso desses hormônios, no entanto, promove o surgimento da taquicardia e o aumento significativo da pressão sanguínea, facilitando a ocorrência de AVCs e infartos.

Portanto, caso você desenvolva algum quadro de ansiedade, lembre-se de contar também com as orientações e o suporte de um cardiologista especializado. Afinal, quanto mais cuidado, melhor. Proteja-se!



novembro 25, 2021 blog

A cada 38 minutos, um homem morre no Brasil devido ao câncer de próstata, sendo este o câncer mais comum entre o sexo masculino. No Novembro Azul, fica clara uma mistificação da população masculina em relação aos cuidados com a saúde. Afinal, torna-se muito mais difícil de se detectar doenças quando não se é feito o exame de rotina a partir dos 45 anos de idade. Assim como qualquer assunto pertinente à saúde, precisamos falar sobre isso.

O que é a próstata?

A próstata é uma glândula presente no corpo dos homens, localizada entre a bexiga e a pélvis, que pesa 20 gramas e essa glândula começa a se desenvolver a partir da adolescência com a presença do aumento de testosterona. Ela tem a importante função de produzir parte do esperma e alimentar os espermatozoides.

Quais os sinais de alerta para o câncer ou outras doenças da próstata?

Os sintomas que acometem as doenças da próstata são muito parecidos, e por isso é muito importante a realização do exame de toque regularmente a partir da idade recomendada. Alguns dos sintomas mais comuns são:

  1. Dificuldades para urinar;
  2. Vontade frequente de urinar, principalmente à noite;
  3. Sensação de bexiga cheia depois de urinar;
  4. Dor ao ejacular ou urinar;
  5. Presença de sangue no sêmen;
  6. Impotência ou dificuldades para manter a ereção;
  7. Dor na região dos testículos, próximo ao ânus.

Se você já sentiu algum desses sintomas, procure um médico especialista.

Alguns exames feitos para detectar problemas na próstata:

Toque retal: exame de toque através do ânus para avaliar o tamanho da próstata;

PSA: exame de sangue que contabiliza a quantidade de proteína presente na próstata;

Exame de urina: usado para detectar bactérias detectáveis apenas na presença do câncer.

Cuide-se, os exames são feitos rapidamente e são muito importantes pra ajudar a diminuir o número de pessoas que sofrem com o câncer doloroso de próstata. Sua saúde também importa. Incentive as pessoas próximas a você.



outubro 19, 2021 blog

A radiologia intervencionista é uma especialidade que ganhou enorme força no mundo e no Brasil em meados da década de 1980, quando as angioplastias, stents e embolizações vasculares ganhavam sedimentação científica e popularidade. A busca permanente por conhecimento fez com que profissionais de várias partes do país se reunissem, periodicamente, para discutir imagens, casos, complicações e soluções através de métodos minimamente invasivos. As imagens eram produzidas por equipamentos como os raios-x, a ultrassonografia e até mesmo a tomografia, motivando a composição do Clube de Angiografistas, na época capitaneado pelo saudoso Renan Uflacker (um dos baluartes da especialidade no mundo) que, anos mais tarde, em 1997, transformou-se na Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular (SoBRICE).

 

Trata-se de uma especialidade híbrida, em constante desenvolvimento, para qual convergiram profissionais de diversas áreas como a radiologia e diagnóstico por imagem e, da cirurgia vascular. Tendo. A “Pedra Angular” de sua atuação é a realização de diagnósticos e tratamentos utilizando equipamentos geradores de imagens, por meio de acessos vasculares percutâneos dos diversos órgãos. A evolução tecnológica aplicada ao diagnóstico por imagem vem otimizando a elucidação diagnóstica nesse sentido. Tal evolução, aliada à maior capacitação profissional, vem impulsionando grandes mudanças sob as abordagens para tratamento graças ao surgimento permanente de procedimentos menos invasivos e traumáticos, portanto, mais confortáveis e principalmente mais seguros.

Visando exatamente trazer à população paraibana o que há de mais moderno na medicina, a ENDOVASC conta com o melhor corpo de especialistas devidamente titulados e reconhecidos pela SOBRICE, única sociedade brasileira com habilitação para atuar nas mais variadas patologias e promover soluções otimizadas em íntimo contato com vários especialistas e especialidades.

Nesse sentido, pode-se atuar com auxílio de várias especialidades como as seguintes:

– Hepatologia: na realização de ablações por radiofrequência, quimioembolizações por cateter para tratamento de tumores hepáticos, bem como na realização de biópsias ou colangiografias para confirmações diagnósticas sobre o tecido hepático e sobre as vias biliares.

– Ginecologia: através do tratamento das varizes pélvicas e solução de suas causas, na realização de embolizações de artérias uterinas para tratamento de miomas sintomáticos como alternativa a soluções cirúrgicas, bem como podemos atuar sobre a obstetrícia na solução de hemorragias puerperais de difícil controle.

– Cirurgia geral: podemos colaborar quanto aos sangramentos digestivos tanto para suas confirmações diagnósticas quanto para realização de embolizações para cessação dos referidos sangramentos ou para drenagem de abscessos intracavitários de maneira minimamente invasiva.

– Pneumologia e cirurgia torácica: para investigação diagnóstica e tratamento das mais variadas causas de hemoptise e no diagnóstico histopatológico e ablação terapêutica de tumores de pulmão.

Sendo assim a radiologia intervencionista se estabelece como uma importante arma no tratamento de inúmeras patologias, nas mais variadas topografias do corpo, dentro das diversas condições patológicas, praticamente sobre todas as especialidades, visando sempre soluções eficazes e minimamente invasivas voltadas ao completo e rápido reestabelecimento dos pacientes, mesmo quando sob condições significativas de comprometimento à vida.

 



outubro 19, 2021 blog

Há alguns anos celebramos a conscientização e prevenção de doenças através das campanhas mensais de saúde. Sinalizadas por cores, todos os meses, pelo menos, uma campanha é contemplada. Com o foco em incentivar o cuidado com doenças graves, e temas poucos discutidos na sociedade, os meses coloridos contribuem de forma estratégica para a adesão do público.

Campanhas mais famosas

A campanha em prol da conscientização, diagnóstico e prevenção do Câncer de Mama, e recentemente, do Colo do Útero propagada como Outubro Rosa foi uma das primeiras campanhas a ganhar grandes proporções e abrir espaços para as demais causas. Juntamente com o Novembro Azul que traz destaque para a prevenção do Câncer de Próstata.

Impacto e engajamento nas campanhas coloridas

A mídia em geral é uma ótima aliada para difundir a importância desses temas. Com o passar dos anos, as ações ficam cada vez mais abrangentes e chegam a novos patamares. Com a grande influência de personalidades através dos ambientes digitais, várias campanhas contam com Embaixadores famosos que conseguem converter as mais diversas audiências em favor da divulgação, realização de exames e, consequentemente, alcançar com muito êxito os objetivos da campanha.

Pandemia como fator agravante

É totalmente perceptível o quanto a pandemia afetou diversas áreas da vida cotidiana. E no caso do impacto das campanhas não foi diferente, […] os dados do Hospital do Amor de Campinas refletem os números registrados pelo Ministério da Saúde. No período de janeiro a julho deste ano (2020), na comparação ao mesmo período do ano passado houve uma redução de 47% no número de exames feitos na rede pública através do SUS. […]¹. Esse dado é o reflexo das ações presenciais que não podem acontecer, o fator isolamento que indica a ida ao médico/hospitais apenas em casos necessários. Mas, com o avanço da vacinação a retomada da socialização fica mais próxima e a expectativa é de que as campanhas possam voltar a ter um grande impacto social e na saúde dos brasileiros.

Prevenção de Janeiro a Dezembro

As instituições de saúde e outras organizações sociais são as principais fomentadoras das campanhas e conseguem criar com autonomia os planos de ação para elas. Mas a mensagem que fica para a população é que de Janeiro a Dezembro temos lindas causas sendo defendidas e uma oportunidade de quebrar tabus, obter informações e cuidar mais da sua saúde, tanto física quanto mental.

No Hospital Memorial São Francisco trabalhamos com afinco nas campanhas do Outubro Rosa, Novembro Azul e Dezembro Vermelho. Com a missão de sempre estarmos prontos para cuidar, há 46 anos cuidamos dos pessoenses com foco no atendimento humanizado em Cardiologia, Ortopedia e Neurologia.

Conheça mais sobre o nosso Hospital no Instagram @hospitalmemorialsf.

(83) 4009.6130

¹ trecho retirado da matéria: https://portalcbncampinas.com.br/2020/11/pandemia-derruba-pela-metade-o-numero-de-exames-no-outubro-rosa/




SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS





VOCÊ SABE QUE PODE CONTAR